A educação dos meus 8 bisavós

A pesquisa genealógica, seja profissional ou amadora, tem diversos campos de investigação, bem como muitas idas e vindas nas ramificações arbóreas que vamos construindo. Embora, atualmente, me dedique mais a colaterais e à indexação de livros, regresso, com muita frequência, aos meus bisavós. São, como já referi num outro texto, os meus avós prediletos! E … Continue reading A educação dos meus 8 bisavós

Advertisements

Índice dos Livros de Registo de Casamentos de Vila Caiz (1856-1896)

AMARANTE, VILA CAIZ Registo de casamentos 1856 - 1896 (livros 1856-1883; 1884-1888; 1889-1893; 1894; 1895; 1896) Livro TIF Data Nome Noivo Nome Noiva Pai do noivo Mãe do noivo Pai da noiva Mãe da noiva Vila Caiz 1856-1883 3 1856-01-09 João da Silva Maria do Carmo Manuel da Silva Maria Antónia (Francisco Pacheco) (Ana Joaquina) … Continue reading Índice dos Livros de Registo de Casamentos de Vila Caiz (1856-1896)

Terramoto de 1755 em Porches | memória paroquial de 1758

NOTA PRÉVIA: Um aviso de 18 de Janeiro de 1758 do Secretário de Estado dos Negócios do Reino, Sebastião José de Carvalho e Melo, fazia remeter, através dos principais prelados, e para todos os párocos do reino, os interrogatórios sobre as paróquias e povoações pedindo as suas descrições geográficas, demográficas, históricas, económicas, e administrativas, para … Continue reading Terramoto de 1755 em Porches | memória paroquial de 1758

Terramoto de 1755 em Silves | 14 mortos | memória paroquial de 1758

NOTA PRÉVIA: transcrição do registo de óbitos, ocorridos no dia 1 de Novembro de 1755, constantes do livro de 1752-1761 da paróquia de Silves.   Número das pessoas que morreram por causa do terramoto que fez em o primeiro de Novembro da presente era de mil setecentos e cinquenta e cinco anos (e seus nomes … Continue reading Terramoto de 1755 em Silves | 14 mortos | memória paroquial de 1758

Terramoto de 1755 em Lagoa | 26 mortos

NOTA PRÉVIA: transcrição do registo de óbitos, ocorridos no dia 1 de Novembro de 1755, constantes do livro de 1750-1771 da paróquia de Lagoa. Aos defuntos seguintes, faleceram no dia de todos os santos, primeiro de Novembro de mil setecentos e cinquenta e cinco anos, do grande terramoto que houve. Josefa Maria, solteira. Sobrinha do … Continue reading Terramoto de 1755 em Lagoa | 26 mortos

Terramoto de 1755 em Lagoa | memória paroquial de 1758

NOTA PRÉVIA: Um aviso de 18 de Janeiro de 1758 do Secretário de Estado dos Negócios do Reino, Sebastião José de Carvalho e Melo, fazia remeter, através dos principais prelados, e para todos os párocos do reino, os interrogatórios sobre as paróquias e povoações pedindo as suas descrições geográficas, demográficas, históricas, económicas, e administrativas, para … Continue reading Terramoto de 1755 em Lagoa | memória paroquial de 1758

Morrer de ofensa: a história da morte do meu quarto avô, António Gabriel Cabrita

Antigamente, a demolha do tremoço era feita de forma natural, habitualmente em casa, dentro de alguidares. Mas quem tinha grandes quantidades, tinha de arranjar melhores soluções, mais eficientes! Para quem morava na costa, e tinha locais seguros para o fazer, a melhor solução era a demolha no mar. Os tremoços iam em grandes sacos de … Continue reading Morrer de ofensa: a história da morte do meu quarto avô, António Gabriel Cabrita

Lenda de Alfanzina e Carvoeiro

Há muito, muito tempo, em terras do sul, viveu um rei mouro chamado Benagil. O rei tinha uma filha belíssima: a princesa Alfanzina. A princesa gostava muito de passear, principalmente junto ao mar. Certo dia, num dos seus passeios, encontrou um garboso moço chamado Carvoeiro, por quem se apaixonou de imediato. O sentimento foi recíproco, … Continue reading Lenda de Alfanzina e Carvoeiro